Blog da Boca pra Fora

Não escove os dentes com argila

Shutterstock
KARYNE_MAGALHAES


Se até hoje você escovou os dentes com a escova de dentes e algum creme dental, e deu certo, por que "diabos" você vai seguir as “invencionices” (argila, cúrcuma, óleo, entre outras coisas) das redes sociais? Nós usamos cremes ou géis dentais para nos proporcionar mais prazer. Gostamos da espuma, do frescor que as mentas proporcionam, mas isso não quer dizer necessariamente que eles sejam indispensáveis. Você pode muito bem escovar seus dentes apenas com a escova umedecida em água.

Os produtos para higienização bucal, normalmente, contém flúor e substâncias antibacterianas, que são auxiliares na prevenção da cárie dental e doenças da gengiva, respectivamente. Agora, para você ter certeza que os seus dentes estão bem limpos, pegue um espelho e vá olhar seus dentes na luz natural.  Às vezes, passamos fio dental e escovamos os dentes, mas pequenos resíduos alimentares podem permanecer sem nos causar nenhum desconforto momentaneamente. Porém, se houver aquelas áreas que estão servindo de depósitos para esses resíduos, com certeza a propensão a desenvolver o mau hálito, cárie e a gengivite é grande.

Escovas macias com extremos afilados conseguem limpar melhor entre os espaços interproximais dos nossos dentes, mas um bom fio (ou fita dental) é fundamental. Enxaguatório bucal nenhum é capaz sozinho de evitar as doenças bucais, muito menos mascarar a halitose (mau hálito).

Na verdade, acho que temos mais medo de passar por situações de mau hálito do que desenvolvermos outra alteração bucal, pois convivemos de perto com várias pessoas, nos socializamos e queremos não "ofender" o nariz alheio. O nosso hálito pode estar comprometido pela manhã, ao acordarmos, quando ingerimos substâncias aromáticas, alimentos muito condimentados, bebidas alcoólicas e cigarros, mas após certo tempo, ele deve voltar ao normal.

Temos que ter muito cuidado porque o nosso olfato se adapta a qualquer odor que seja constante, sendo assim, muitas vezes, nós precisamos de um confidente para nos alertar sobre qualquer odor corporal que esteja em alta concentração.

Quer saber qual produto é mais indicado para sua saúde bucal e checar a qualidade do seu hálito? Consulte seu cirurgião-dentista a cada seis meses.

*Karyne Magalhães é cirurgiã-dentista, habilitada em Laserterapia e qualificada no tratamento da Halitose, vice-presidente da Associação Brasileira de Halitose (Abha), membro da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-GO) e membro da Sociedade Brasileira de toxina botulínica e implantes faciais (SBTI).Acesse saudesalivar.com.br e botoxgoiania.com.br.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA