Casa

Bel Lobo: “Não existe cafona, existe felicidade”

Divulgação
A arquiteta Bel Lobo

A arquiteta Bel Lobo fez sucesso nas primeiras temporadas do programa Decora, do canal GNT, com soluções amigas do bolso para decorar a casa. Além disso, é um dos nomes por trás da m.o.o.c.: móveis, objetos e outras coisas, uma mistura de loja de móveis e projetos de interiores e ambientações. Bel também já assinou uma linha para a Tok&Stok, a coleção Vira e Mexe, que tem o jeitinho da arquiteta: móveis descolados e multifuncionais. Com esse currículo de peso, Bel Lobo compartilha com Ludovica dicas para transformar a casa sem gastar tanto.

Foco na iluminação
Não subestime o poder de um abajur. Tendo uma tomada por perto, faz-se a luz! E a iluminação indireta traz sensação de aconchego, deixa o ambiente mais intimista. No caso de quem só tem um ponto de luz no teto e não quer recorrer ao quebra-quebra, uma solução pode ser o trilho de iluminação. Com três focos de luz é possível mudar a cara do espaço. 

Personalize
Sabe aquela casa com cara de loja, móveis e objetos de decoração novinhos em folha? Para Bel Lobo, “é bom sempre colocar sua alma na casa”. Uma forma fácil de fazer isso é espalhar pelos ambientes objetos que tenham relação com a sua história: lembranças de viagens, presentes com significado pessoal, objetos vintage, vale tudo! Outra dica: desapegue das tendências. "Não existe cafona, existe felicidade”, brinca a arquiteta.

Mais cor
Não menospreze o poder de uma lata de tinta. E, olha, nem precisa pintar o cômodo inteiro. Um retângulo estratégico, que faça composição com os móveis e objetos colocados na parede, já pode dar um bom efeito na sala. Também não deixe de lado o papel de parede e os tecidos que possam ser aplicados com cola. Vale até utilizar uma colcha ou tapete como “quadro”. Criatividade é tudo!

Novos usos para velhos espaços
Você tem aproveitado os espaços que sua casa oferece? Teste de fogo para quem mora em apartamento: como está a sua varanda? Mesmo que seja pequeno, Bel Lobo garante que é possível aproveitar o ambiente para criar um cantinho de relaxamento. Levar o verde para a varanda é o primeiro passo, por isso invista em plantas. Se houver espaço, coloque uma rede para os momentos de descanso. Ou, quem sabe, uma mesinha acompanhada de uma cadeira charmosa para tomar café da manhã? 

Quer saber mais? Ouça abaixo a entrevista feita pela jornalista Tetê Ribeiro com a arquiteta Bel Lobo. 

Shutterstock
Fotos na parede e objetos de decoração "com história" deixam a decoração com a cara do dono da casa
Shutterstock
O uso do abajur deixa a iluminação do ambiente mais intimista
Entrevista com a arquiteta Bel Lobo
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.