Casa

Pequenos notáveis

Emmanuel Gonçalves
Caso 1

Aproveitamento de espaço é a chave para o conforto em dois apartamentos compactos. Confira:

1: lugar de memórias

O gerente comercial Wilson Cabral, 24, decidiu montar a casa com as recordações de viagem. Wilson visitou 53 países e de cada um tem uma recordação. Tudo isso compõe a decoração do loft de 45 m². “Pedi ao responsável pelo projeto a integração de todos esses elementos à decoração, pois fazem parte da minha história”, completa. 

• Integração é a palavra de ordem, com hall, cozinha e sala em um mesmo ambiente
• O espaço tem duas portas, a de entrada e a do banheiro. Os móveis dividem os ambientes.
• Os tons neutros e a modernidade são características do projeto.
• Os objetos de decoração dão cor ao loft.
• Elementos que já fazem parte da história do morador são incorporados à decoração.
• No quarto, a ideia foi criar um ambiente clean e com uma paleta de cores relaxantes.
• Aqui não foi feita nenhuma intervenção física, apenas decoração e composição dos ambientes. 
• A rede, lembrança do período vivido no Nordeste, harmoniza com o tom moderno que as cores cinza e preto dão ao projeto. 

Divisão de ambientes

A mesa de estudos marcou a divisão de espaços. Em um deles, foi criada uma espécie de home office, com mesa, cadeira e prateleiras.

Sem obra

Dá para aproveitar bem os espaços sem ter que derrubar paredes ou mudar drasticamente a planta do apartamento. O designer de interiores Rodrigo Borges defende que, ao investir em mobiliário e decoração, é possível deixar o ambiente funcional e aconchegante.  

Na web

Pesquise muito, inclusive na internet. Vale a pena seguir as páginas de e-commerce de decoração e ficar de olho nas ofertas. Wilson comprou muitos objetos pela internet, pois a ideia era ter um projeto barato e com boa relação custo-benefício.

BBB

Bom, bonito e barato. Pesquise com os fornecedores opções de produtos mais duráveis e com custo de manutenção menor. O melhor é não considerar só o preço na hora de comprar, sem levar em conta os custos de manutenção e reparo.

2: Aproveitamento máximo

Multifuncionalidade. Essa é a caraterística do apartamento do jovem casal de farmacêuticos Damares Guimarães, 33, e Edgard Cordeiro, 31. O apartamento de 79 m² é a segunda casa em que já montaram, por isso fizeram questão de incluir os objetos que já possuíam no planejamento de móveis e armários. No apartamento, pufes viram mesas e o home office também é quarto de hóspedes. Enfim, o espaço é aproveitado ao máximo.

Tudo escondido

No projeto, móveis planejados e outras soluções camuflam os objetos do dia a dia. No banheiro, por exemplo, um grande armário embutido no espelho deu a possibilidade de guardar todos os produtos de beleza. Na sala, um móvel de TV abriga os aparelhos auxiliares que não ficam aparentes. 

Integração

Toda a área social do apartamento foi integrada. Uma das paredes da cozinha foi derrubada, abrindo mais o espaço, para deixar o ambiente com cara de maior e mais funcional. A bancada da cozinha americana foi planejada para fazer lanches rápidos ou funcionar como suporte para servir os alimentos, já que a mesa de jantar não poderia ser muito grande.

Iluminação

O jogo de luzes, com iluminação direta e indireta, além de dar sofisticação, possibilita uma maior amplitude dos espaços. Rasgos no teto e luzes embutidas de LED são uma boa pedida. A iluminação indireta é usada com efeito decorativo, já que a luz proveniente de abajures, luminárias e spots deve ser pensada de maneira pontual para não comprometer o todo.

Casa em ordem

Organização é a palavra de ordem para aproveitar bem os pequenos espaços. A regra é simples: entrou objeto novo em casa, deve-se desfazer de pelo menos um antigo. Isso vale para tudo: acessórios de cozinha, roupas, sapatos. Outra dica da organizadora pessoal Mariana Machado: aposte em caixas organizadoras e separe os objetos por tipos. Vale também etiquetá-los para facilitar a localização. 

Arrume os armários de casa de acordo com a utilização. Na cozinha, por exemplo, reserve os espaços mais altos para as louças que você não usa no dia a dia. Guarde os copos e xícaras mais usados, preferencialmente, na altura dos olhos. Use potes herméticos e setorize as posições na cozinha. No banheiro, caso não tenha uma bancada grande de produtos ou um armário capaz de comportar tudo, separe os produtos em bandejas. Uma para cuidados com a pele, outra para perfumes, e assim por diante. Por último e não menos importante, a maneira como você decide organizar a casa deve ser racional e fácil de manter. Nada de procurar soluções complicadas e, poucos dias depois, deixar a bagunça voltar com tudo. A organização deve ser um projeto constante. 

 

Sócrates Bernardes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.