Lazer

Ana Cañas reúne artistas em clipe contra a violência

Reprodução / YouTube


Sophie Charlotte, Julia Lemmertz, Andreia Horta, Laura Neiva, Nathalia Dill e Elza Soares e muitas outras mulheres conhecidas ou não se uniram a cantora Ana Canãs em um manifesto contra a violência sofrida pelas mulheres. Trata-se do clipe da música "Respeita", lançado por Cañas nesta semana. Nele, as 86 mulheres participantes fecham os olhos e pensam em todas as agressões machistas que já sofreram. O que sentem, afinal? As respostas são devolvidas apenas com olhares.

A ideia do clipe é lançar luz para a causa, com uma proposta simples. E inspiração para a nova composição, cujo refrão diz “Meu corpo, minha lei / Tô por aí, mas não tô à toa / Respeita, respeita / Respeita as mina porra”, surgiu de uma dor pessoal da cantora e derivada de uma história real. Ana foi  vítima de assédio sexual e acredita que o debate, o diálogo e a troca de experiências similares joga luz a uma questão urgente, de violência e opressão. 

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.