Astral

A astrologia

Shutterstock

Ao observarem que o sol e a lua cruzavam sempre as mesmas constelações dentro de uma faixa celeste e que “cinco estrelas errantes” (planetas) se moviam em um espaço delimitado no céu, os povos antigos deram início ao estudo da astrologia, possivelmente há cinco mil anos. O desenvolvimento da agricultura desencadeou a constatação das diferentes estações do ano, das diferentes fases da lua e as noções de dias e de meses.
 
Para a astrologia, existe uma relação direta entre os ciclos, movimentos e posições dos corpos celestes e os acontecimentos na Terra. O despertar da consciência de cada indivíduo é um processo pessoal e a astrologia pode ser uma ferramenta que auxilia nesse processo de autoconhecimento, apontando direções e áreas da vida em que esses processos de crescimento serão mais ativados.

Carl Gustav Jung, cofundador da psicanálise, juntamente com Freud, fez estudos sobre astrologia e a sincronicidade. Esses estudos tornaram alguns dos seus trabalhos mais importantes. A partir do cálculo do mapa astrológico, pode-se ver as potencialidades de cada indivíduo em áreas específicas da vida (12 casas astrológicas) e, também, os movimentos dos planetas em determinadas áreas. Os trânsitos astrológicos apontam o timing, o melhor momento para lidarmos com algumas questões específicas.

Sendo assim, a astrologia é mais um instrumento para crescimento pessoal e desenvolvimento de potencialidades, auxiliando no desenvolvimento social, professional, afetivo, espiritual e na busca de uma vida mais plena, equilibrada e em harmonia com o todo.          

* Paula Bueno Brandão se formou em fotografia, produção de TV e cinema. Se dedica há 25 anos ao estudo de astrologia e mitologia. Atualmente, atende astrologia profissionalmente no Espaço Marcia de Luca, em São Paulo. Ministra palestras e eventos com o propósito de estimular e difundir o autoconhecimento e a evolução pessoal. Instagram:@paulabuenob. E-mail:paulabrandao.astrologa@gmail.com.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA