Bolsa de Mulher

Cinco atitudes para ser realizada e produtiva

Shutterstock

Os tempos mudaram. E a cada segundo que passa, o mundo está ainda mais diferente. Dizer isso parece até redundância. Todos sabemos que o desenvolvimento tecnológico tem acelerado a dinâmica da forma como vivemos. Como consequência dessas mudanças, as pessoas têm se sentido cada vez mais infelizes, como se algo faltasse em suas vidas: se elas têm tempo, não têm dinheiro. Se têm dinheiro, não têm tempo para aproveitá-lo.

Será que essa é uma verdade absoluta? Temos que viver com algo faltando ou podemos ter uma mente de abundância e ter tempo e dinheiro?  Como resolver esse problema, se a felicidade de cada um é algo tão subjetivo? De fato, não existe uma fórmula mágica para resolver a infelicidade de todo o mundo de uma única forma. Porém, após diversos estudos da psicologia e da neurociência, descobriu-se que o comportamento humano obedece alguns padrões que, quando repetidos, apresentam resultados semelhantes.

O que isso quer dizer? Que o sentimento de realização pode ser “construído” seguindo-se um passo a passo. Irei compartilhar ele com você agora. E mais que isso: irei te provar com exemplos reais de como isso funciona.

1. Sonhe alto

Eu sempre digo aos meus alunos uma frase de Jorge Paulo Leman: “Sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho”. Então, por que alguém iria perder tempo sonhando pequeno? “Sonho Grande” é, inclusive, o nome do livro escrito por Cristiane Correa, que conta a história dos três maiores empresários do Brasil: Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira. 

Para Lemann, o mais importante de um investimento é ir além dos benefícios que um produto tem. É fundamental investir em sonhos: “Sempre vendi o sonho muito maior do que o tamanho da empresa. É claro que se você vende um sonho que não chega nem perto da realidade, a turma não acredita. Se você vende o sonho que é difícil, mas que é atingível, melhor. Assim, você vai aumentando de sonho em sonho, engajando todo mundo, conforme a empresa cresce. Nós gostamos de metas anuais ‘esticadas’. Tem que ser esticada, mas não impossível”.

2. Tenha foco

Steve Jobs já dizia que é preciso aprender a dizer não a boas ideias. Eu prefiro adaptar esse pensamento para “saiba dizer não a boas propostas”. Isso tem uma importância enorme para o processo de sentir-se realizada. Imagine que você tem que fazer um relatório ou um projeto, mas toda hora surge alguma coisa para tomar o seu foco: um telefonema, uma reunião, uma conversa aleatória... Com certeza você ficará frustrada, pois não conseguirá realizar o que tinha se proposto.

Esse sentimento se amplia quando pensamos de forma mais generalizada. Você acha que a Apple teria se tornado uma das empresas mais admiradas do mundo se eles tivessem dispersado as atenções? Definitivamente, não. Eles se preocuparam em desenvolver o melhor computador. E durante muitos anos esse foi o único produto que eles ofereciam. Somente depois que esse produto estava consolidado é que começaram a trabalhar em outros projetos, sempre divididos em equipes que estavam totalmente focadas na tarefa que tinham em mãos.

3. Persista

Você sabia que Walt Disney chegou a ser demitido do primeiro emprego porque ele não era “criativo o suficiente”? Embora tenha passado por inúmeras dificuldades, chegando inclusive a comer do lixo, esse grande cartunista jamais desistiu do grande sonho. Enquanto todos diziam que ele deveria encontrar um emprego que pagasse as contas, ele se dedicou completamente a construir o estúdio de animações. A trajetória de Disney é um grande exemplo de que persistência é o primeiro passo para a realização.

4. Seja criativo

Você já imaginou enviar um carro para o espaço? Elon Musk, o fundador da Tesla, não somente imaginou como realizou isso. A criatividade é um elemento necessário a todas as pessoas que desejam realizar algo novo. Fazer mais do mesmo confere à vida uma sensação de estagnação, de monotonia. Portanto, para sentir-se realizada é preciso romper a inércia e inovar na forma de pensar e de agir. A Tesla é considerada uma das empresas mais criativas do mundo. Ela é pioneira na projeção e construção de carros exclusivamente movidos a energia elétrica. Hoje, trabalha para criar produtos que utilizam ou geram energia limpa. Ser criativo depende muito mais de querer solucionar um problema do que simplesmente imaginar um cenário diferente. Trata-se, assim, do primeiro passo para a realização.

5. Tenha atitude

Ação é a palavra-chave quando falamos de realizações. Nenhum grande empresário teria chegado ao topo sem que eles agissem de forma estratégica. Pense em Luiza Helena Trajano. Um dos maiores impérios varejistas do Brasil, construído pelas mãos de uma mulher forte, guerreira e que não teve medo de agir. Para alcançar resultados extraordinários, é preciso muito mais do que apenas querer. É preciso fazer.

Portanto, não tenha medo de arregaçar as mangas e botar a mão na massa. Somente assim é possível sentir-se verdadeiramente realizada.

* Tathiane Deândhela (www.institutodeandhela.com.br) é CEO do Instituto Deândhela, empresa goiana especializada em produtividade e alta performance. É especialista em atendimento pelo Instituto Disney (EUA), em Negociação pela Universidade de Harvard e em Gestão do Tempo, tema de seu livro “Faça o Tempo Trabalhar para Você”.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA