Casa & Flora

A fantasiosa arquitetura de Gaudí


Acabo de retornar de poucos dias de férias. Estive na cidade de Barcelona, na Espanha. O meu objetivo principal nessa viagem foi explorar, em todos os detalhes, as obras-primas do gênio Gaudí. E enquanto pensava no que iria escrever esta semana para o blog, não resisti à ideia de compartilhar as minhas impressões sobre uma das mais interessantes realizações de Gaudí: a Casa Batlló.

Ao entrar na Casa Batlló e contemplar cada um dos detalhes, é possível compreender o que diferenciou Gaudí como arquiteto. Somos levados a perceber claramente como ele conseguiu transformar a arquitetura em ideias, símbolos e fantasias. Sim, certamente ele era um homem cheio de fantasias. Casa Batlló é de uma beleza e criatividade comovente, mas não somente isso. Ela é uma combinação de boa arquitetura, praticidade e engenhosidade.

Em 1903, o senhor Josep Batlló, um próspero empresário representante da nova burguesia da época, encomendou a Gaudí a completa remodelação de um edifício que havia adquirido. Josep deu ao já famoso arquiteto Gaudí liberdade total de imaginação para a realização da obra. Gaudí cumpriu a missão com absoluta maestria, realizando um edifício inigualável, onde soube aliar a imaginação e a criatividade com as soluções práticas da arquitetura racionalista.

Gaudí soube aproveitar os pontos fortes do edifício, com engenhosas soluções arquitetônicas, como, por exemplo, eficazes sistemas para a circulação do ar, conforto térmico e aproveitamento da luz natural. Em Casa Batlló, Guadí buscou inspiração na natureza e nos temas marinhos. É uma casa líquida e, muitas vezes, parece um ser vivente, que se move por meio de ondas encantadas.

A casa é repleta de sinuosidade, elementos orgânicos, naturais e zoomorfos. É cheia de cores vivas, formas oníricas e imprevisíveis, que desafiam as linhas frias e racionais da arquitetura. Tudo se une com grande harmonia por meio de uma rica utilização de materiais, como pedra, cerâmica, vidro, ferro etc.

Gaudí, como grande artista que sempre foi, realizou uma verdadeira obra de arte que nos faz sonhar. É uma obra complexa, original, rica de detalhes fantasiosos, que em muitos momentos nos dá a impressão de entrar no mundo da imaginação e dos desenhos animados. Mergulhar em suas ondas encantadas é mais do que recomendado.

* Lenise Alves de Castro é goianiense/vilaboense, vive na Itália, é designer de interiores e trabalha em um estúdio de arquitetura em Milão. Ama design, história da arte, móveis, linhas curvas, artesanato, rios, azul, vinhos italianos e empadinhas de Goiás.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
A claraboia de um pátio interno, com as paredes revestidas em cerâmica em uma gradação de azul, que representa as diversas tonalidades do mar.
Arquivo pessoal
O guarda-corpo da escada em vidro produz um efeito que nos dá a impressão de ver através da transparência da água;
Arquivo pessoal
O guarda-corpo em vidro que produz um efeito visual líquido;
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA