Casa & Flora

Os tons neutros sob um novo olhar

As cores neutras são sempre atuais e muito agradáveis na decoração. Elas propiciam ambientes mais serenos e repousantes. Assim, engana-se quem acredita que utilizar as tonalidades neutras significa criar espaços frios e carentes de aconchego. Por essa razão, a cada ano é maior a preferência por gradações mais quentes de beges e cinzas. 

Emergem com força também as cores naturais, como cru, cappuccino, linho e algodão natural. Tanto que aparecem com muita frequência nas seleções anuais de empresas importantes como a Pantone, a norueguesa de tintas Jotum, a Akzonobel e assim por diante. Existe, ainda, todo um mundo cheio de surpresas com neutros, que derivam de tons com esfumaturas mais intensas, como chocolate, terracota, verde azeitona ou verde menta.

As tonalidades que contém rosa misturadas com terracota podem surpreender, dando vida a neutros inesperados, luminosos e calorosos. Para criar harmonia, elas podem ser combinadas com madeira clara, ratam, vime, texturas rústicas e tecidos, como linho e algodão.

O universo das cores é muito surpreendente e repleto de segredos a serem desvendados. Para os amantes de ambientes predominantemente claros a sugestão é se abrir à novas descobertas e se deixar inspirar por essa infinidade de neutros singulares e personalizados.

* Lenise Alves de Castro é goianiense/vilaboense, vive na Itália, é designer de interiores e trabalha em um estúdio de arquitetura em Milão. Ama design, história da arte, móveis, linhas curvas, artesanato, rios, azul, vinhos italianos e empadinhas de Goiás.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Divulgação
Dulux
Divulgação
Dulux
Divulgação
Jotum
Divulgação
Cozinha Archetipo da marca L'Ottocento
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA