Educar faz parte!

Vocês não podem se separar de mim!

Shutterstock


Quando um casal decide se separar, precisa entender que se separa entre os dois, nunca como pais. Os reflexos de uma separação com atitudes imaturas é um prejuízo enorme para os filhos. Será que os adultos têm noção disso?

Preocupados com os prejuízos em todas as áreas, o Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM) promoveu um congresso. Eu tive o privilégio de falar um pouquinho sobre as consequências de uma separação, momento no qual os pais da criança agem na emoção, promovendo uma alienação parental, e os reflexos disso no âmbito escolar. 

Convido-os a ouvir sobre o assunto. São só 20 minutinhos. 
 


*Fabíola Sperandio T. do Couto é pedagoga, psicopedagoga e terapeuta de família e casais. Ela é membro do IBDFAM Goiás, mestranda em Educação e concluindo a especialização em Organização e Gestão de Centros educacionais. Atua em educação desde 1984 e em consultório desde 1999. É diretora pedagógica de instituição privada do Infantil l ao 9ºano, palestrante e consultora na área educacional e familiar. Publica periodicamente no blog "Educar Faz Parte" (Organização Jaime Câmara/Globo/Ludovica) e na Editora GD.
 
Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores. 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA