Em Trânsito

Equador: Quito

Arquivo pessoal


O Equador é um país lindo, cercado de belezas naturais e, apesar de ser muito pequeno, tem uma diversidade enorme (das Ilhas Galápagos e praias à Floresta Amazônica). As pessoas são amigáveis e receptivas e você se sente muito seguro em qualquer lugar.

Nós sentimos esta atração pelo Equador sem saber exatamente o porquê e partimos em abril para passar pouco menos de um mês por lá.

Começando em Quito, seguimos à Cuenca. Paramos em Huigra, ficamos por uma noite em Baños, depois Latacunga e completamos o Quilotoa Loop. De volta a Quito, esticamos até Otavalo por uma noite e retornamos a Quito.

Atravessamos o país de ônibus, um meio de transporte muito barato e convidativo, pois se pode ver as montanhas vulcânicas e uma vegetação exuberante, que são de tirar o fôlego. 

Quito

Quito é exatamente como tínhamos imaginado ser – uma encantadora e pitoresca cidade que foi construída sobre as ruínas de uma cidade Inca e que está a 2850 metros acima do nível do mar. Foi fundada em 6 de dezembro de 1534, tornando-se a cidade mais antiga da América do Sul. 

Por lá, se vê muitos parques e mercados. É fácil caminhar por Quito e, claro, gastamos horas fazendo isso. A cidade antiga, também conhecida como centro histórico, é pitoresca e sempre cheia de gente, com ruas estreitas e muitos cafés. 

Embora a nova cidade, mais conhecida como Mariscal, seja mais popular entre os turistas, decidimos nos fixar nos arredores da cidade, perto do parquet El Ejido, um lugar encantador e tranquilo, mas muito bem localizado.

Plaza de la Independencia

Também conhecida como Plaza Grande, essa é a principal praça de Quito. As pessoas se reúnem ali e passam o tempo batendo papo nos incontáveis bancos da praça, além dos cafés que ficam ao redor.

Teleférico

Tivemos um dia de muita sorte, com céu azul, limpo e ensolarado. Definitivamente foi um dos destaques da nossa viagem. É um dos teleféricos mais altos do mundo, atingindo os 3.945 metros. A vista das paisagens montanhosas de Quito é espetacular e você ainda pode caminhar por algumas trilhas e andar a cavalo.

Le Mariscal Craft Market

É um Mercado local adorável, por assim dizer, já que fomos lá algumas vezes. É muito colorido e um lugar perfeito para levar pra casa as lembranças do país – chaveiros, bolsas, ímãs de geladeira, roupas locais e instrumentos musicais artesanais. Adoramos essa troca de energia e foi muito divertido, pois as pessoas são muito agradáveis. Você pode viver muitas coisas boas só sendo simpático e trocando sorrisos.

* Heloisa: movimento. Essa é minha palavra. Sou Heloísa e como chef e amante da fotografia, vou atrás de novas aventuras em diferentes cozinhas pelo mundo afora, conhecendo pessoas diferentes e vendo como o mundo é incrível. Não há nada melhor do que viver e compartilhar essas experiências com pessoas que têm as mesmas paixões na vida. Sharon: eu prospero na aventura, conhecendo novas pessoas e o desconhecido. Eu nasci em Malta e depois de estudar jornalismo no Reino Unido comecei a viajar e não consegui parar. Trabalhei como freelancer e professora de inglês pelo mundo durante alguns anos e estou vivendo no Brasil há um tempo. Logo estaremos em outra viagem pelo mundo!

 

 

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA