Papo Musical

Jean-Louis: um dos principais intérpretes de obras clássicas em Goiânia

Reprodução / Letícia Moireira/ FolhaPress


O recital de encerramento da temporada 2017 do projeto Concertos em Goiânia receberá o pianista Jean-Louis Steuerman, aclamado pela crítica como um dos principais intérpretes brasileiros de obras clássicas. Jean-Louis entrou para a história do piano em 1972, depois de conquistar em Leipzig, na Alemanha (cidade natal de Bach), o segundo lugar no Concurso Johann Sebastian Bach

“Sempre amei a música de Bach de paixão. Quando fiz o concurso em Leipzig, minha ambição era passar na primeira prova. Foram esplêndidas surpresas ir até a final e, sobretudo, a reação do público”, disse Jean-Louis sobre o concurso. Também foi Bach quem lhe rendeu outro prestigioso prêmio. O pianista foi agraciado com o Diapason d'Or (uma recomendação de gravações notáveis de música clássica concedida pelos editores da revista Diapason da França) pela gravação de “Seis Partitas”.
 
Jean-Louis vive atualmente na cidade do  Rio de Janeiro e já se apresentou como solista da London Symphony, sob regência do italiano Claudio Abbado; com a Royal Philharmonic, sob a batuta do violinista e maestro Lord Menuhin e do pianista e maestro russo Vladimir Ashkenazy; e  debutou nos concertos Promenade BBC, em 1985, com o concerto em Ré menor de Bach, com a Polish Chamber Orchestra
 
Indagado em entrevista sobre algum maestro que o tenha particularmente impressionado, Steuerman respondeu: “Talvez Abdado, por sua simplicidade, amabilidade e amor pela música e pelos músicos, tenha me causado a maior emoção”. 

Steuerman já se apresentou em diversos concertos pelo mundo e faz turnês na Europa, na América do Norte e no Japão. Entre suas gravações para a Philips Classics estão nada menos que a integral da obra para piano solo de Alexander Scriabin (1871-1915), a obra de Feliz Mendelssohn (1809-1847) para piano e orquestra com a Moscow Chamber Orchestra e os concertos para piano de J. S. Bach (1685-1750) com a Chamber Orchestra of Europe.

A apresentação em Goiânia será no Centro Cultural UFG, no dia 26 de novembro, às 11h. A entrada é franca. E o programa traz obras de João Guilherme Ripper, Ludwig van Beethoven (1770-1827) e Frédéric Chopin (1810-1849). Não dá para perder. 
 
Ouviremos o pianista Jean-Louis Steuerman e a Orquestra Filarmônica da Hungria, interpretando o concerto de J. S. Bach n. 7 em sol menor, BWV 1058,  sob a regência do maestro húngaro ZóltanKocsis (1952-2016). 
 
Serviço: 
 

Concertos em Goiânia
Jean-Louis Steuerman
Data: 26 de outubro (domingo)
Centro Cultural UFG (Av. Universitária, 1533 – Setor Leste Universitário)
Horário: 11h
Entrada franca
Coordenação geral: Gyovana Carneiro / Direção artística: Ana Flávia Frazão

*Gyovana Carneiro é professora da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG, doutora em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa – Portugal. Promove séries de Concertos em Goiânia.

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA