Viva Saúde

Glúten: quais os prós e contras de retirá-lo da dieta

Shutterstock


Tem muita gente que quer emagrecer tirando completamente o glúten da alimentação. O que talvez as pessoas não percebem é que a perda de peso não ocorre por causa da restrição dessa proteína. Na verdade, elas acabam emagrecendo porque alimentos pouco saudáveis são retirados da dieta. 

Ao cortar o glúten, presente no trigo, no centeio, na cevada e na aveia, saem de cena pão francês, pizza, bolacha, macarrão refinado, lanches industrializados, salgadinhos e a amada cerveja. Todos esses alimentos têm alto índice glicêmico e muitas calorias. Todavia, a dieta restritiva equivalente à de um paciente com doença celíaca (intolerância permanente ao glúten), feita sem necessidade ou recomendação profissional, pode prejudicar o organismo. 

Ao consumir farinha de arroz, polvilho, féculas de batata e mandioca, que não contém glúten, é necessário combiná-los com alimentos ricos em fibras e proteínas, ou seja, legumes e proteínas magras. E tem mais: a queridinha tapioca, por exemplo, tem alto índice glicêmico por causa do refino da farinha. Portanto, se você não tem doença celíaca, pode ser muito mais saudável usufruir dos benefícios dos alimentos com glúten, porém integrais.

É preciso entender as necessidades do seu corpo, de acordo com o seu objetivo de vida. Massas, pães e biscoitos integrais têm baixo índice glicêmico. Ao ingeri-los, não haverá picos de glicose. Assim, você não desenvolverá resistência à insulina, estocará gordura ou ficará com fome rápido. É uma ótima fonte de energia.

Como identificar a doença celíaca 

As queixas mais comuns de pacientes que têm doença celíaca são: estufamento do abdômen, hábitos intestinais irregulares, principalmente diarreia e dores. O primeiro passo do nutricionista é observar o diário alimentar do paciente. Depois, é feito um exame para o diagnóstico da intolerância que pode ser total ou parcial. A doença celíaca causa vários problemas intestinais, como desnutrição, distensão abdominal e má absorção das vitaminas. O tratamento é a retirada total e definitiva dos alimentos que contenham o glúten. 

* Nany Sado é nutricionista. Especialista em Body Nutrition, Nutrição Esportiva e Fitoterapia aplicada à Nutrição, a profissional adota coaching no processo de reeducação alimentar de seus pacientes e coleciona bons resultados. Vive em Goiânia, ama correr, viajar e descobrir novidades do estilo de vida saudável.  

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da plataforma e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
POR DATA