Beleza

Componentes naturais podem ser grandes aliados da beleza

Shutterstock


Após longos meses com altas temperaturas, o inverno chega deixando os dias mais amenos. Mas a pele do rosto pode sofrer com as mudanças no termômetro e ficar um pouco mais ressecada. Por outro lado, a estação é uma ótima aliada dos tratamentos de beleza, já que os raios solares estão mais fracos e a exposição ao sol é menos frequente. A biomédica especializada em estética avançada Mônica Batista lista alguns componentes que ajudam a ter uma pele saudável no inverno. 

Chá verde

Produtos e bebidas à base de chá verde têm substâncias calmantes que ajudam na prevenção de acne, além de reduzir inflamações e deixar a pele com aparência mais jovem por mais tempo. “Os flavonóides dos cosméticos e do chá reduzem efeitos adversos na pele provocados pela exposição solar e também pelas baixas temperaturas. São capazes de hidratar a pele, dar firmeza e elasticidade, melhorando o aporte sanguíneo e facilitando o transporte de oxigênio e nutrientes para a pele.”
 
Água de arroz

Ela é rica em ácido kójico. Se utilizada a longo prazo, deixa a pele com aspecto mais claro. Acompanhada de aveia e linhaça, tem o poder de deixar a pele mais hidratada. A aveia tem propriedades emolientes e calmantes, e a linhaça possui efeito antioxidante, prevenindo radicais livres.
 
Extrato de romã

Há evidências de que a ingestão diária do suco feito com a casca, as sementes e a polpa ajuda a controlar a pressão arterial, reduzir o colesterol ruim (LDL) e prevenir o câncer de mama. A romã̃ é rica em antioxidantes, que combatem os radicais livres – responsáveis pelo envelhecimento precoce como a flacidez cutânea, perda da elasticidade, rugas e manchas. “Para combater a acne, seu uso pode ser tópico. O extrato tem uma ação antibacteriana tão efetiva quanto as pomadas antibióticas”, ressalta a especialista.
 
Ajudinha dos cosméticos

Ácido Hialurônico

É uma molécula de açúcar presente no organismo que atrai a água e pode atuar como lubrificante. Dentro do nosso corpo, ele está 56% presente na pele, preenchendo o espaço entre as células, que se mantêm lisas, elásticas e hidratadas. "Com passar do tempo, a produção de ácido hialurônico vai diminuindo, mas já encontramos esse ativo em diversos cosméticos", indica Monica Batista.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.