Beleza

Lipo HD: conquiste a barriga sarada

Shutterstock


Uma ajeitadinha aqui, outra levantadinha ali... Conquistar o corpo desejado pode ser difícil para muitas pessoas. Afinal, nem sempre os exercícios físicos e uma alimentação balanceada trazem o resultado desejado. Nesses casos, uma das possibilidades encontradas são as cirurgias plásticas. A lipoaspiração, por exemplo, é um dos procedimentos mais indicados para pacientes que possuem gordura localizada em excesso. Desde sua criação, essa cirurgia vem se modificando para melhor, não só em termos de segurança, mas também para oferecer resultados mais efetivos e modeladores. O último passo dessa evolução é a chamada lipo HD. O cirurgião plástico Eduardo Ferro explica o procedimento.

O que é a lipo HD?

Trata-se da lipoaspiração em alta definição ou high definition. Ela foi descrita, inicialmente, pelo cirurgião plástico colombiano Alfredo Hoyas em 1993 e, após anos de aperfeiçoamento e obtenção de resultados satisfatórios, começou a ser usada com frequência no Brasil nos últimos anos. A técnica consiste em destacar os contornos dos músculos abdominais, como o reto abdominal, oblíquos e os famosos six packs (gominhos), promovendo uma aparência saudável e esportiva ao corpo.

Para quem esse tipo de lipo é indicada?

Para pacientes com pequena ou média quantidade de gordura localizada na região do abdômen, flancos e costas. Já pacientes com algum grau de obesidade são orientados, inicialmente, à reeducação alimentar e emagrecimento para, aí sim, se enquadrarem no perfil. Pacientes que se submeteram a abdominoplastia previamente também podem realizar essa técnica.

Quais as principais diferenças entre a lipo HD e a lipoaspiração comum?

Podemos dizer que a lipo HD é uma evolução da lipoaspiração convencional. Diferentemente da lipoaspiração, onde acontece a retirada da gordura localizada, na HD somamos também o destaque das linhas dos músculos.

Como funciona o pós?

No pós-operatório é necessário o acompanhamento de um fisioterapeuta, aplicações de tapping ou bandagem elástica, drenagem linfática e manipulação dos tecidos. O uso de malhas compressivas e talas de modelagem também são essenciais para auxiliar, promover e potencializar os resultados. 

Em quanto tempo os resultados são visíveis?

Eles começam a aparecerem do primeiro ao terceiro mês. Os resultados finais surgem após seis meses. Idade, hábitos de vida, tabagismo e a qualidade do pós-operatório podem influenciar no resultado final. É importante ressaltar que o acompanhamento do cirurgião plástico durante todo o processo é fundamental para o sucesso do procedimento.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.