Beleza

O poder transformador das lentes de contato dental

Shutterstock


Queridinha das celebridades, as lentes de contato dental ganharam fama e nos últimos anos se tornaram cada vez mais requisitadas. As lentes são utilizadas para corrigir a forma, a cor, o tamanho, as assimetrias e o espaço entre os dentes. Segundo o cirurgião-dentista Flávio Lima, além da questão estética, as lentes de contato também trazem inúmeras vantagens aos pacientes, devolvendo bem-estar psicológico e fisiológico. Saiba mais sobre o procedimento.
 
O que são as lentes de contato dental?
 
Lentes de contato dental são laminados de porcelana, que podem ser sobrepostas aos dentes naturais para um sorriso mais branco e alinhado. São laminados extremamente finos, assim como as lentes de contato usadas nos olhos.
 
Por que essas lentes se tornaram sonho de consumo?

 
Ter um sorriso bonito garante mais autoconfiança, e as lentes de contato possibilitam dentes brancos e alinhados, harmonizando toda a face. De forma rápida, é possível ter o sorriso dos sonhos. Por isso a alta demanda.
 
Para quem as lentes de contato são indicadas?
 

As lentes de contato dental são indicadas para quem está descontente com imperfeições nos dentes e deseja ter um sorriso mais bonito. Com elas, é possível corrigir problemas como diastemas (espaçamento entre os dentes), dentes quebrados, pequenos ou desgastados, por exemplo.
 
Quais são os maiores benefícios dessas lentes?
 

As lentes de contato podem durar muitos anos sem a necessidade de troca. Além disso, alguns dos maiores benefícios são o aumento da autoestima do paciente e o melhoramento da saúde bucal. É comum que os pacientes passem, inclusive, a cuidar mais dos dentes após o procedimento. 
 
Há desgaste dental?
 
Para que as facetas sejam aplicadas é necessário desgastar um pouco os dentes, geralmente em sua camada externa. Isso é feito para que os dentes possam estar adequados no momento do procedimento.
 
O procedimento é reversível?
 
A reversão ocorre quando alguma das facetas apresenta problema ou está no tempo de troca, que ocorre muitos anos após o primeiro procedimento. Já o desgaste realizado no dente não é reversível.

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.