Casa

Sala de estar: cartão de visitas da casa

Divulgação


A sala é quase sempre o primeiro local a ser visto quando alguém chega. É também por ali que passa o maior fluxo de pessoas dentro de uma casa. Ela pode ser usada para recepcionar, mas também para o descanso e o lazer. Por esses e outros motivos, é importante caprichar na decoração da sala de estar.

Contudo, montar uma bela e confortável sala é sempre um desafio, principalmente quando o espaço é reduzido. Nesses casos, além da área disponível, também é preciso levar em consideração o tipo e a funcionalidade dos móveis, a harmonização entre cores, tons e iluminação, o uso correto de adereços e, claro, o estilo de quem irá usar a sala.

Esse ambiente é justamente o destaque em um dos projetos da arquiteta Juliana Sabatine, que recentemente assinou o decorado de um prédio no Distrito Federal. No projeto, a profissional traz uma sala de estar que permite o uso de cores neutras, texturas, acessórios, móveis e, como isso, consegue agradar os mais variados públicos. “Como é um apartamento decorado, que muitas pessoas de estilos diferentes vão visitar, optamos pela impessoalidade nas cores e utilizamos tons neutros e voltados para o terra”, descreve.

A arquiteta revela, ainda, que buscou uma certa modernidade por meio de revestimentos, pisos e iluminação, tendo sempre em mente o aconchego e conforto sempre bem-vindos num ambiente de convivência.

Para não errar

Para quem deseja fazer uma decoração especial na sala de estar, Juliana Sabatine orienta que haja uma boa dose de integração, ou seja, que esse ambiente “converse” com os outros. E recomenda um certo cuidado para não entupi-la de objetos, móveis e cores.

“O recomendado é manter o mesmo padrão nos revestimentos, acabamentos e estofamentos. A divisão dos espaços pode ficar por conta de tapetes ou móveis. Para completar o cenário revigorante e agradável de uma sala de estar, indico a utilização de peças de arte e quadros nas paredes, pois esses objetos servirão de ponto de atenção”, conclui a arquiteta.
 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.