Comportamento

Dicas para retomar a rotina de treinos após o Carnaval

Shutterstock

Muitos brasileiros costumam dizer que o ano só começa após o Carnaval. Mas depois da maratona de festas, férias, feriados e folias nos bloquinhos, recuperar a rotina fitness pode ser uma tarefa desafiadora. Segundo o master trainer Giuliano Cangiani, da Strong By Zumba, dependendo dos exageros, pode ser que alguns quilinhos tenham sido acrescentados na balança. 

“Para quem deseja espantar a preguiça e continuar a rotina de treinos e hábitos saudáveis, algumas dicas são essenciais”, garante o especialista. Confira:

Xô preguiça!

“Recomece o quanto antes. Não vale a pena ficar lamentando os dias que não treinou, os quilos que engordou. O importante é o que você vai fazer a partir de hoje”, afirma Giuliano.

Pegue leve

Não é porque você já treinava antes da folia e das férias, que você deve voltar de onde parou. É preciso respeitar o seu corpo. “No começo é sempre bom ir mais de leve e a intensidade vai aumentando gradativamente. É possível encontrar aulas nas academias que, em um mesmo exercício, podemos dar diferentes tipos de intensidade: leve, moderada ou intensa”.

Desafie-se

Um novo desafio ou meta é sempre estimulante para criar uma rotina de treinos.  “Aposte em um treino novo, estipule uma meta de mudança no corpo e não desista. Essas atitudes aliadas a uma alimentação saudável, darão resultados”, afirma.

Treine em grupo

Se está se sentindo desmotivado e treinar sozinho não está funcionando, aposte em aulas em grupo. Os treinos com esse perfil motivam os praticantes. “Um aluno se sente desafiado quando vê um colega tendo as mesmas dificuldades, porém conseguindo superar os seus limites”, explica.

Treine com música

Uma boa playlist pode salvar seu treino. Estudo publicado recentemente no Internacional Journal of Psychophysiology revela que uma trilha sonora adequada na hora do treino ativa uma parte do cérebro responsável por retardar a fadiga causada pelo exercício intenso. 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.