Comportamento

Dor no quadril: o que pode ser?

Shutterstock


O quadril é uma estrutura complexa. Ele suporta parte do nosso corpo, nos permitindo andar, agachar, sentar ou girar sobre nós mesmos. Por esse motivo, e por causa do trabalho que ele tem diariamente, pode ser acometido por uma série de dores. Às vezes elas podem ser pontuais e, em outras ocasiões, a dor pode ser contínua, ou até mesmo causada por problemas nos ossos, ligamentos e nervos. Segundo o ortopedista Murilo Almeida, especialista em traumatologia, é importante conhecer as variações das enfermidades existentes e consultar um especialista. Ele fala mais sobre o assunto.
 
Quais são as principais causas de dores no quadril?
 
As dores no quadril podem ter causas variadas, desde traumas, inflamações, desgastes, fraturas, entre outras. As causas mais comuns são as inflamações que ocorrem em toda a região do quadril, as famosas bursites e tendinites. Essas, embora mais comuns, são as causas mais benignas e de fácil tratamento dentre todas as dores do quadril. Causas mais complexas, como artroses e necroses, necessitam de abordagens mais específicas e individualizadas.
 
Quem são as principais vítimas desses problemas?
 
Cada doença possui uma preferência por idade e grupos de pessoas diferentes. As bursites e tendinites podem ocorrer em todas as idades, tendo maior prevalência em pacientes que não praticam atividades físicas ou que sobrecarregam a articulação, seja no trabalho ou em outras atividades. As artroses geralmente acometem pacientes de mais idade, mas podem acometer também pessoas jovens que tenham alguma doença prévia no quadril.
 
Há formas de prevenção?

 
Quando falamos de bursites e tendinites, a principal forma de prevenção é o fortalecimento da musculatura do quadril através de exercícios físicos e alongamentos. Já nas artroses e desgastes do quadril, a principal prevenção é a redução da carga na articulação, ou seja, evitar atividades que sobrecarreguem o quadril.
 
Quais os tratamentos?

 
Cada doença e cada paciente pedem tratamentos distintos. As doenças inflamatórias são tratadas com medicamentos, alongamentos, fortalecimento e fisioterapia. Alguns casos mais intensos necessitam de infiltração local ou de tratamentos mais específicos como a terapia de ondas de choque. Necrose e artrose do quadril são doenças degenerativas e crônicas, sendo frequentemente necessária a utilização de prótese para o tratamento definitivo.
 
Em caso de dores no quadril, quem se deve procurar?

 
Apesar de serem comuns, as dores no quadril são frequentemente negligenciadas. Quando isso ocorre temos uma dificuldade maior no tratamento devido à intensa resposta inflamatória do organismo à lesão. O correto diagnóstico das diversas doenças que podem acometer o quadril pode acelerar o processo de cura. Por isso, quando sentir dor no quadril, procure imediatamente as orientações de um ortopedista especializado nesses tipos de doenças.

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.