Comportamento

Fio dental: aliado para manter a saúde bucal

Shutterstock


Para adquirir um sorriso bonito com dentes saudáveis, apenas a escovação não é suficiente. A rotina diária completa de higienização conta, e muito. Mas uma pesquisa realizada pelo Datafolha atestou que apenas 57% da população brasileira faz uso do fio dental diariamente, por exemplo. O estudo foi feito por encomenda do Conselho Federal de Odontologia.
 
A escova não consegue atingir todos os cantos da boca e, consequentemente, não elimina toda a placa bacteriana e os pequenos resíduos de alimentos que ficam entre os dentes. É recomendável que, para higienização completa, as escovações sejam feitas de 4 a 5 vezes por dia, e o fio dental, então, deve acompanhar esse processo, principalmente antes de dormir.
 
Quando o fio dental não é usado, as chances de desenvolver problemas bucais são grandes. Se a placa bacteriana não for totalmente removida, ela endurece e se transforma em tártaro. Isso compromete a saúde da gengiva e abala a sustentação dos dentes.
 
Como usar?

Enrole aproximadamente 40 centímetros de fio ao redor dos dedos, deixando 10 centímetros entre eles. Segure a fita entre o polegar e o indicador e deslize-a para cima e para baixo, passando cuidadosamente ao redor de cada dente, sem aplicar muita força para não sangrar.
 
Ainda continuará sendo fundamental ir ao dentista a cada seis meses. É papel do dentista explicar e ensinar sobre a aplicação correta do fio dental, além dos benefícios que a prática traz para a saúde bucal.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.