Comportamento

Insônia depois dos 40

Shutterstock


Muitas mulheres acima de 40 anos reclamam de insônia ou má qualidade de sono. As que já passaram pela menopausa têm uma prevalência ainda maior do distúrbio. A principal queixa é acordar no meio da noite. Trata-se da insônia tardia: no começo da noite tudo parece bem, mas a partir das 3h da madrugada a mulher não consegue mais dormir.

Esse não é um problema que deve ser ignorado, pois a insônia é capaz de acentuar a severidade dos sintomas do climatério e da menopausa e, ainda, piorar muito a qualidade de vida. Ajuste de fatores na casa, como o controle da iluminação e de ruídos, são de grande valia. Também é importante manter uma alimentação saudável e evitar alimentos estimulantes perto da hora de dormir.
Existem algumas alternativas para driblar a insônia, como yoga, massagens, meditação, alguns extratos ou chás relaxantes. 

Entretanto, se você já tentou e nada disso melhorou o seu sono, o uso de medicamentos é indicado. Procure seu médico!

Dicas para ajudar no combate à insônia

- Estabeleça um horário regular para se deitar e acordar todos os dias;
- Pratique alguma atividade física ao menos três vezes na semana, até três horas antes de dormir;
- Evite refeições pesadas, principalmente à noite;
- Não tome bebidas com cafeína à noite;
- Anote os compromissos na agenda, evitando "guardá-los" na mente, pois isso pode dificultar o "desligamento" mental;
- Consulte um especialista.
 
Alimentos que podem diminuir a insônia
 

Chá de camomila: relaxa, diminui a agitação e assim induz o sono
Maracujá: tem propriedades calmantes e ajuda a modular o cortisol
Semente de abóbora: auxilia na formação da melatonina, hormônio que estimula o sono;

Linhaça: por ser rica em ômega 3, auxilia no sono, humor e ansiedade;

Alface: possui uma substância chamada lactucina, que tem efeitos calmantes;

Aveia: fonte de triptofano e vitamina B6;

Banana: rica em triptofano, ajuda a regular os níveis de serotonina no cérebro e a melhorar o humor, favorecendo o sono;

Couve: fonte de magnésio, cálcio e algumas vitaminas do complexo B, ajuda a relaxar.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.