Comportamento

O problema da mordida

Shutterstock


Quando não há um encaixe perfeito entre as arcadas dentárias, ocorre a chamada má-oclusão. A mordida não acontece perfeitamente, causando vários problemas, até mesmo desequilíbrio postural. Em atletas, pode ocorrer perda de rendimento. O fato é que a má-oclusão pode ser consequência de patologias da articulação temporomandibular (ATM) e de alterações das vias aéreas.
 
De olho nos sinais da criança

Dos 83% de brasileiros que apresentam má-oclusão, em 40% dos casos ela está relacionada a fatores genéticos. Nos outros 60%, ao meio ambiente: uso de chupeta, sucção dos dedos ou uso prolongado de mamadeira. Problemas como adenoide, rinite, respiração bucal e sinusite são outros fatores que podem ocasionar o problema. A adoção de alimentação pastosa, que não estimula a função mastigatória, é mais uma possibilidade para a má-oclusão. A longo prazo, o problema pode levar à perda precoce dos dentes permanentes, traumas e tumores.
 
Diagnóstico não é brincadeira

Alguns sintomas podem levar ao diagnóstico da má-oclusão, como o desconforto ao mastigar ou comer, alinhamento incorreto dos dentes, alterações na aparência da face e problemas na fala. Com o diagnóstico em mãos, é preciso partir para o tratamento. Aparelhos para corrigir a posição dos dentes, cirurgia para remodelar ou encurtar a mandíbula, remoção de dentes para corrigir casos de dentição supranumerária (dentes a mais na arcada dentária) e reabilitação protética estão entre as indicações.

Postura

Existem vários exames que podem ser realizados para detectar se o problema postural está relacionado à má-oclusão. Por isso, é muito importante um tratamento precoce da má-oclusão, para que esta não venha acarretar problemas posturais.
 
A partir da confirmação de que o problema postural está relacionado com a má-oclusão, o primeiro passo é reabilitar a oclusão e depois buscar a ajuda profissional de um fisioterapeuta e um personal trainer, para que juntos realizem o fortalecimento muscular. O trabalho multidisciplinar é o mais indicado para se obter o melhor resultado para o paciente.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.