Lazer

Conheça Goiânia: cultura e arte no Setor Universitário

Divulgação
Hits Rock

 

A jovialidade e dinamismo cultural andam lado a lado num dos bairros mais tradicionais de Goiânia: o Setor Leste Universitário. O fato de abrigar os campi de duas universidades faz com que a região tenha uma natural efervescência artístico-cultural e seja palco de vários eventos e atrações. Apesar de ser um dos bairros mais antigos da capital, situado na região central, o Setor Universitário venceu os limites do tempo e, ao invés de cair no esquecimento, tem se renovado ao longo dos anos. 

Hoje, o setor conta com uma agitada agenda cultural e várias opções de lazer. Uma dessas atrações é a Praça Universitária, cujo nome oficial é Praça Honestino Guimarães. O logradouro foi projetado em 1930, pelo arquiteto Atílio Correia Lima. Porém, a efetiva construção só se deu em 1969. A praça é um verdadeiro museu a céu aberto e gratuito. O local abriga mais de 20 esculturas produzidas em bronze, argila e concreto, além de diversas intervenções urbanas, como grafites. O local ainda sedia o Palácio da Cultura, que hoje abriga a biblioteca pública da cidade, e o Centro Cultural UFG. O espaço se consolidou como opção de lazer e cultura na cidade e mantém intensa programação, como exposições de artes plásticas, espetáculos teatrais, shows musicais, palestras, oficinas, plano de ações educativas e visitas guiadas.

O Centro Cultural tem ampla programação aberta à participação da comunidade, geralmente com entrada franca ou com valores de ingressos a preços acessíveis. Dentre as ações recentemente realizadas estão o I Festival Internacional de Ópera de Goiânia; o Encontro e Conto – Festival de Narratividade; a Mini Mostra Retrospectiva de Wagner Schwartz, integrada à programação da Mostra Expandida de Dança pela Manga de Vento, com os espetáculos Domínio Público, Piranha e Transobjeto; além dos Concertos UFG. 

Para todos os gostos

O Setor Universitário abriga também outras importantes instituições que promovem a cultura, como é o caso do Instituto Tecnológico de Goiás (Itego) em Artes Basileu França. O Itego oferece cursos em cinco áreas: teatro, música, circo, artes visuais e dança, todos de forma gratuita. Os espetáculos realizados são fruto dos trabalhos dos alunos, muitos deles já em nível profissional, como os membros da orquestra e do Balé que têm reconhecimento internacional.

O instituto também abriga o Teatro Basileu França, com cerca de 700 lugares, que recebe vários tipos de espetáculos entre óperas, teatro, circo, dança e outros. O acesso aos espetáculos, geralmente, é gratuito ou com ingressos a preços simbólicos. O mês de novembro, inclusive, terá intensa programação no Basileu França. Do dia 8 a 11 no próximo mês haverá apresentação de Balé. Entre os dias 14 a 18 de novembro será a vez da Mostra Desaguar, seguido da Semana da Música, com programação nos dias 19 e 20 de novembro. No dia 24, o coral infantil se apresenta em comemoração aos 30 anos de formação do coral. Entre os dias 27 e 04 do próximo mês haverá apresentação de um musical infantil com dança.

Outra opção que oferece programação diversa no bairro é o Sesc Universitário. A unidade do Serviço Social do Comércio no Setor realiza festivais recreativos, colônias de férias para crianças e adolescentes, atividades de integração, palestras, workshops, rodas de conversa, vivências musicais. Há ainda uma programação sistemática pautada no entretenimento e lazer, englobando atividades sociais e culturais. Essas atividades normalmente acontecem aos finais de semana e feriados.  

Fique por dentro das programações:

Centro Cultural da UFG: https://centrocultural.ufg.br.
Teatro Basileu França: facebook.com/basileufrancaarte.
Sesc Universitário: (62) 3522-6100.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.