Lazer

Desenho animado totalmente em libras é lançado no YouTube

Reprodução / YouTube


Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE), quase 17% da população brasileira é deficiente auditiva, sendo que 3 a cada 200 crianças nascem surdas. De acordo com dados do Ministério da Saúde, a surdez atinge quase dez milhões de pessoas no Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde. 

Porém, a educação inclusiva ainda não acontece na maioria das escolas. Reconhecida desde 2002, a linguagem de libras é a forma mais comum para que surdos se comuniquem. Mas as escolas que não adotam o método da educação inclusiva apresentam dificuldades em ensinar estudantes surdos.

E faltam alternativas também na indústria cultural infantil. Foi por isso que o animador Paulo Henrique dos Santos, que trabalha com animação há sete anos, decidiu criar um desenho inteiramente em libras. De acordo com o jornal Correio do Povo, Paulo teve a ideia quando precisou se comunicar com uma pessoa surda, mas não conseguiu. 

O conteúdo, publicado no YouTube, é voltado para crianças de três a seis anos e tem o objetivo de educar e mostrar que as crianças surdas também se divertem e têm as mesmas necessidades daquelas com a audição preservada. O episódio piloto foi lançado no YouTube nessa última semana. Em cada um dos capítulos, serão ensinados cinco sinais de libras.
 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.