Lazer

Seis dicas para quem vai viajar para o exterior

Shutterstock

Viajar é sempre bom! No entanto, para evitar dor de cabeça é bom que o turista se planeje e se atente à burocracia. Assim é possível evitar transtornos na hora de viajar. A blogueira e consultora de viagens Lala Rebelo, dá seis dicas para que esse processo não seja traumático:

1. Passaporte: segundo Lala é o principal documento de uma viagem internacional. É importante verificar a data de validade, visto que alguns países pedem validade mínima de três meses. Além disso, é importante deixar quatro páginas limpas no passaporte. 

2. Visto: para a consultora em viagens, o visto é o terror dos turistas, especialmente os que vão aos Estados Unidos. A dica é verificar se o país requer o documento no momento do desembarque. 

3. Carteira de Habilitação: se o intuito for dirigir em outro país é importante saber que não são todos os lugares que aceitam a CNH brasileira. A dica é providenciar uma carteira internacional e uma autorização oficial. 

4. Vacinas: o principal medicamento a ser tomado é contra a febre amarela, com pelo menos 30 dias de antecedência da viagem. Só quem pode validar a aplicação da vacina é a Anvisa. 

5. Seguro de Viagem: na opinião da Lala Rebelo, pode parecer exagero, mas é essencial. A assistência prestada pelas seguradoras no exterior é fundamental em casos de imprevistos. 

6. Peso da bagagem: a consultora destaca que cada companhia aérea trabalha com uma metodologia e isso vale tanto para a mala despachada quanto a de mão. Por isso, é bom verificar com antecedência para não ter surpresas desagradáveis, até porque o custo pelo excesso de bagagem costuma ser alto.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.